Skip to main content

Um terço das compras de Dia das Mães será feito pelo e-commerce, diz SPC Brasil

Por Redação E-Commerce Brasil

Segunda data comemorativa mais importante para o varejo em faturamento, o Dia das Mães deve injetar R$ 17,05 bilhões nos setores do comércio e serviços, segundo dados da SPC Brasil e CNDL. O e-commerce será responsável por 29% das compras de presentes, atrás apenas dos shopping centers, com 36% da preferência.

Fonte: Análise Intenção de Compra Dia das Mães SPC, 2018

Neste ano, os produtos mais procurados serão as roupas (42%), perfumes (36%), calçados (23%) e cosméticos (21%). Questionados sobre o principal fator que os entrevistados levam em consideração na hora de comprar o presente, 27% elegeram a qualidade do presente, 21% priorizam o perfil da presenteada, 16% o desejo da presenteada e 13% o preço do presente.

A própria mãe (79%) será a mais presenteada, assim como as esposas (23%) e as sogras (19%).

Escorpião no bolso

Embora o percentual de consumidores que devem ir às compras seja elevado, a maior parte dos compradores está receosa para aumentar gastos na comparação com o ano passado, procurando manter o orçamento livre de dívidas.

Cerca de 19% dos consumidores entrevistados disseram já ter a intenção de desembolsar mais com os presentes. A maior parte, no entanto (36%), planeja gastar a mesma quantia que em 2017, enquanto 18% pensam em diminuir.

Fonte: Análise Intenção de Compra Dia das Mães SPC, 2018

Entre os que pretendem gastar mais, as principais razões são comprar um presente melhor, estar com uma renda melhor em 2018 e por acreditar que os presentes estão mais caros. Por isso, o ticket médio – independentemente do canal de compra – projetado pelo levantamento é de R$ 153.

Internet como fonte de pesquisa

Perguntados se pretendem fazer pesquisa de preço antes de irem às compras, a maioria dos entrevistados (80%) afirma que sim, já 14% não pretendem, seja porque vão comprar nos estabelecimentos que já têm costume (6%), por gostarem de comprar o que veem e agrada (6%) ou por não terem tempo (2%).

Entre os que costumam fazer pesquisa de preços, a maioria (73%) utiliza sites na internet. Já 50% procuram os melhores preços em lojas de shopping, 46% em lojas de rua e 28% utilizam aplicativos de oferta.

Levando em consideração somente os que costumam pesquisar preços na internet, 72% recorrem ao Google, 51% utilizam sites de comparação de preços e 43% pesquisam nos mais variados sites de varejistas.

Metodologia

A pesquisa foi realizada por meio de entrevistas com 767 casos em um primeiro levantamento, para identificar o percentual de pessoas com intenção de comprar presentes no Dia das Mães.

Em seguida, continuaram a responder o questionário 602 casos, que tinham a intenção de comprar presente no Dia das Mães este ano.

As margens de erro, respectivamente, são de 3,5 pontos percentuais e 4,0 p.p. para um intervalo de confiança a 95%. Baixe a íntegra da pesquisa aqui.

 

Fonte: Artigo da Ecommerce Brasil – https://www.ecommercebrasil.com.br/noticias/terco-compras-dias-maes-e-commerce/ – Quinta-feira, 03 de Maio de 2018.

Aline Autran de Morais

Mestre em Administração com linhas de pesquisa em Omnichannel; Inovação em Marketing para o varejo; Marketing Digital; Gestão de Fornecedores. Especialização em Marketing, MBA em Gestão de Varejo e Gestão Empresarial. Mais de 20 anos de experiência em varejo de moda, tendo atuado como Gerente de Produto e Gerente de Gestão de Fornecedores na Lojas Renner, Gerente de Supply e Operações na Uatt?. Sócia-proprietária da Ideiamais.